lessphp fatal error: failed to parse passed in variable @bodyBackground: lessphp fatal error: failed to parse passed in variable @bodyBackground:  Papo de Mestre #7 - Você conhece Forgotten Realms? Igual a Senhor dos Anéis, só que melhor. - Abacaxi Voador

Papo de Mestre #7 – Você conhece Forgotten Realms? Igual a Senhor dos Anéis, só que melhor.


Além de Ed Greenwood, existem outros autores conhecidos do público como o famoso R.A.Salvatore, talvez o segundo maior responsável por expandir as crônicas de Forgotten Realms

Além de Ed Greenwood, existem outros autores conhecidos do público como o famoso R.A.Salvatore, talvez o segundo maior responsável por expandir as crônicas de Forgotten Realms. Aqui seu Best Seller, The Crystal Shard

Tá bom! Não me joguem pedras ainda! Eu gosto de Senhor dos Anéis, mesmo. Mas com os filmes, o lance ficou muito viral. E vamos combinar que também virou uma febre, tudo isso porque migrou para as telas do cinema, com uma competência assustadora, claro. Então vamos pensar da seguinte forma: E se Peter Jackson, a New Line e alguns milhares de dólares estivessem à disposição de um produtor que realmente amasse e conhecesse Forgotten Realms? – essa pergunta não é difícil de responder. Vamos ver:

Forgotten Realms, ou Os Reinos Esquecidos, é um cenário de fantasia medieval da qual a marca Dungeons and Dragons se apropriou. Portanto, amigos jogadores que conhecem este cenário, mais respeito por Forgotten. Este mesmo foi criado muitos anos antes de que Gary Gygax e Dave Arneson sequer pensassem em um dia criar D&D. Ed Greenwood tinha apenas seis anos quando começou a lapidar o mundo que viria a se tornar o riquíssimo cenário de Forgotten Realms. Claro que um menino tão jovem (na época), precisava ainda crescer e amadurecer muito para conquistar este feito, mas ninguém disse que ele não teve ajuda. Forgotten vem sendo desenvolvido e lapidado até os dias de hoje por diversos escritores habilidosos. Greenwood ainda participa de seu mundo, mas os direitos foram comprados pela antiga editora TSR, que foi adquirida pela Wizards of the Coast – a editora de Dungeons and Dragons - portanto, eles é quem montam o time criativo que irá desenvolver o cenário e não somente seu criador.

Na edição 5.0 de Dungeons and Dragons, a Wizards of The Coast decidiu que as regras seriam apresentadas juntamente com o cenário de campanha. De todos os cenários que a WotC detém direitos, junto com o D&D, ela escolheu Forgoten Realms para representá-la, portanto, enquanto cada novo material da quinta edição está no forno para o deleito de fãs ansiosos de RPG e do cenário, escritores, ilustradores e artesãos estão forjando o mundo de Forgotten Realms em tempo real!

O Senhor dos Anéis - Livro de Tolkien que narra a maior saga da Terra-Média.

O Senhor dos Anéis - Livro de Tolkien que narra a maior saga da Terra-Média.

Situações e eventos que não param de acontecer e que tem plots interligados com eventos acontecidos em outras edições do cenário, são ajustadas e incrementadas. O cenário de Forgoten também é moldado nos jogos de beta testers que se inscrevem em momentos específicos determinados pela editora para desenrolarem uma aventura no cenário, onde catalogam tudo que acontece. Daí, saem novas informações da aventura vivida pelos protagonistas envolvidos na trama, que são analisadas pelo time da Wizards of The Coast e muitos feitos são anexados ao cenário oficial ou incrementados e lapidados por escritores profissionais que se inspiram nos mesmos para dar vida à Forgotten Realms!  Quem nunca ouviu falar da Costa da Espada? Ou Menzoberranzan, a temível cidade que habita os subterrâneos, cidade natal dos Drows, os Elfos Negros? A exótica Kara-tur, lado oriental do continente, terra de samurais e assassinos ninjas? Personagens lendários como o bárbaro Wulfgar, o anão Bruenor Battlehammer ou o drow Drizzz't Do Urden, poderiam muito bem rivalizar com Aragorn, Gimli ou Legolas.

Para alguns, Forgotten Realms dispensa apresentação. Na verdade, não desejo iniciar uma guerra santa para afirmar quem é melhor ou pior dentre essas obras, mas queria que vocês que são amantes de fantasia (sejam jogadores de RPG ou não), notassem que existe vida além de O Senhor dos Anéis e que os "Reinos Esquecidos" segue a mesma pegada da obra de Tolkien. Forgotten é uma obra tão rica (ou mais) que O Senhor dos Anéis até por que está sendo trabalhada continuamente até os dias de hoje desde sua criação na década de 60. Muitos iniciantes no hobby me perguntam qual é o melhor cenário de fantasia ideal para começarmos. Claro que a analogia perfeita para o leigo no RPG seria a obra de J.R.R. Tolkien, e com muita honra.

Qual seu cenário preferido? Já pensou em fundir mundos como Forgotten Realms e Senhor dos Anéis e temperar com As Cronicas de Gelo e Fogo? O que está esperando? Conta aí pra gente, digam-me suas dúvidas!

Bons jogos e bons críticos!

A famosa Costa da Espada. Um lugar cheio de aventuras épicas no mundo de Forgotten Realms ("Reinos Esquecidos"). Não deixa a perder em nada em complexidade com a Terra-Média. Fantástico!

A famosa Costa da Espada. Um lugar cheio de aventuras épicas no mundo de Forgotten Realms ("Reinos Esquecidos"). Não deixa a perder em nada em complexidade com a Terra-Média. Fantástico!

Mapa da Terra-Média. Lugar onde a Sociedade do Anel se forma e Frodo Bolseiro da inicio a maior jornada deste mundo!

Mapa da Terra-Média. Lugar onde a Sociedade do Anel se forma e Frodo Bolseiro da inicio a maior jornada deste mundo!

Abacaxi Voador
HQzeiro. Cinéfilo. RPGista. Quando não está inventando palavras, está ajudando os amigos que fez no Abacaxi Voador redigindo, escrevendo e palestrando. Acredita que o Abacaxi tem um Q de "Sala da Justiça", e portanto acredita que tem super poderes.
  • Pingback: Papo de Mestre #11 - Que tal um pouco de Multiverso no seu RPG? - Abacaxi Voador()

  • Minionpornor

    Não jogo RPG e não sou muito fã de LotR. Sim, vi os filmes uma vez cada um, são excelentes produções mas não me apetecem. Meu conhecimento sobre D&D se resume ao desenho animado oitentista.
    Aí sim, um universo cinematográfico teria destaque, talvez incorporando a mitologia de Forgotten Realms, aliás, li recentemente que Vin Diesel estaria envolvido em algum projeto envolvendo D&D e que ele teria uma história/roteiro/plot ou algo do tipo, escrito pelo próprio Gary Gygax.
    Seria o melhor caminho para dar certo sem parecer uma cópia de LotR.