lessphp fatal error: failed to parse passed in variable @bodyBackground: lessphp fatal error: failed to parse passed in variable @bodyBackground:  O MUNDO GONZO #11: Bátima, John Byrne e Zumbis Fofinhos - Abacaxi Voador

O MUNDO GONZO #11: Bátima, John Byrne e Zumbis Fofinhos


Bem vindo ao meu mundo.

Novo ano, vida nova, coluna nova. Foi um ano bem legal, cheio de lançamentos, mas um novo ano começa e temos muito ainda para curtir. Me perguntaram sobre a minha lista dos “10 mais”. Bem, o ano pode ter acabado, mas a pilha de leitura ainda não. Então a lista vai sair aqui no Mundo Gonzo até o fim do mês. Por hora vamos com o que mais mexeu com meu mundo nesta semana. “Vamo que vamo”.

“And in the end
The love you take
Is equal to
The love you make”

TERMINANDO BEM

Davis com um traço sempre elegante

Davis com um traço sempre elegante

Último dia do ano passo na banca e para minha surpresa um último lançamento da Panini aqui no Rio de Janeiro. Era mais uma revista do Batman, só que desta vez um volume especial, Lendas do Cavaleiro das Trevas: Alan Davis - volume 1. Um dos primeiros trabalhos do desenhista inglês nos Estados Unidos. Fase do morcegão antes da Crisis. Um Batman apaixonado pela Mulher-Gato, com Jason Todd como Robin e histórias bem diferentes do clima de hoje em dia dos Novos 52. Vale ver como o velho Mike W. Barr escrevia histórias simples e bem animadas. Pra quem não conhece, Barr é o criador da minissérie Camelot 3000. Um time de craques, vale a leitura. Agora, se você não curte ler coisas velhas, passe longe dessa revista. Encadernado honesto e por um preço camarada (R$ 19,90) .

OS ANOS 80 FORAM DELE

Byrne colocando para quebrar

Byrne colocando para quebrar

Antes de os astros da Marvel, na década de 90, decidirem abandonar o barco e fundarem a Image Comics, existia um nome no mercado de quadrinhos americano que mexia com as estribeiras das maiores editora da terra do Tio Sam, este era John Byrne. O velho que já fez a cabeça de muitos leitores com os X-Men, Quarteto Fantástico, Superman, Mulher-Hulk, entre outros, é tema de um livro bem legal chamado Mestres Modernos da Marsupial Editora. Este é o segundo volume da série que já teve George Perez no primeiro e José Luis García-López no terceiro. O livro é uma grande entrevista biográfica com o velho dos dentes podres (sim, cheio do dinheiro e nunca arrumou os dentes), cheio de desenhos bem legais, alguns até inéditos. Legal também é ver que Byrne não tem papas na língua, fala o que vem à cabeça e dane-se o mundo. Aprender um pouco do processo criativo do maior nome das HQs do início da década 80, com trabalhos de marcaram um geração já vale a leitura.

ZUMBI NACIONAL

Uma menininha bailarina, um urso de pelúcia desbocado e um unicórnio afeminado. Grande chances de sobrevivência.

Uma menininha bailarina, um urso de pelúcia desbocado e um unicórnio afeminado. Grande chances de sobrevivência.

A CCXP ainda rende boa leituras. É o caso da HQ independente A Última Bailarina. Imagine uma terra que passou pelo apocalipse zumbi. Imaginou? É claro que na sua cabeça vem logo The Walking Dead, na minha também aconteceu o mesmo. Mas nesta HQ a história é um pouco diferente. Uma bailarina, um unicórnio e um urso de pelúcia desbocado pra cacete. Eu sei, parece estranho, mas o Guilherme de Sousa conta uma boa história como ninguém, o rapaz é um grande quadrinista nacional dando sopa no mercado (de olho nele, editoras grandes). Ele faz parte da Korja dos Quadrinhos, um grupo de artistas que se juntou para lançar independentemente suas HQs. Em A Última Bailarina, você vai conhecer um urso de pelúcia homofóbico, uma jovem bailarina desmiolada e um unicórnio gay… É isso mesmo. A revista tem 48 páginas e passa com uma velocidade que quando você virar a última página vai louco pela próxima história do Guilherme de Sousa. Você pode conferir algumas páginas e comprar seu exemplar no Tumblr d'A Última Bailarina. E no site da Korja dos Quadrinhos você pode comprar os outros lançamentos dos caras.

É isso, não esqueça de deixar seu comentário aí. A gente se esbarra por este mundo.

Cassiano Pinheiro
Jornalista, apaixonado pelo mundo das HQ's e outras nerdices. Jogando na mega-sena para ficar rico e custear meus gastos em HQs. Desenhista, beatlemaníaco e louco por uma boa cerveja.